7 dicas dicas práticas para se recolocar no mercado

Está difícil voltar a trabalhar? Sabemos que 2020 foi de muitas dificuldades para a maioria das pessoas. No entanto, o início de um novo ano sempre traz muitas expectativas e estímulos para que profissionais que perderam o emprego ou estão parados há algum tempo se preparem, na tentativa de se recolocar no mercado. 

Por isso, se você está desempregado no momento, não entre em desespero! Separamos boas dicas para quem quer se recolocar no mercado. No artigo de hoje, você verá:

  •  reative ou crie uma rede de contatos;
  • atualize seu currículo;
  • defina novas metas e objetivos profissionais;
  • cadastre-se em sites de vagas e atualize suas redes sociais;
  • atualize seus conhecimentos;
  • inclua experiências voluntárias no currículo;
  • prepare-se bem para as entrevistas.

Dica extra: Se você é uma pessoa que costuma ficar ansiosa em entrevistas de emprego e, por isso, acaba cometendo alguns erros, sugerimos também a leitura deste artigo aqui.

Agora continue a leitura deste artigo e veja como enfrentar os desafios do cenário atual e ainda se recolocar no mercado de trabalho em 2021. Vamos lá?

Qual o cenário atual do mercado de trabalho?

Com a crise trazida pela pandemia do coronavírus, muitas pessoas viram sua vida mudar de repente no ano passado. Além das questões relacionadas à saúde, inúmeras empresas precisaram se adaptar à nova realidade realizando cortes de custos e de pessoal.

O desemprego no Brasil chegou a 14,3% no trimestre encerrado em outubro, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Em pessoas, o número chegou a 14,1 milhões. Um aumento de 7,1% em relação ao trimestre terminado em julho. Isso representa 931 mil pessoas a mais à procura de trabalho no país. 

Além disso, muitos profissionais foram para a informalidade, a taxa ficou em 38,4%. O percentual equivale a 31,6 milhões de pessoas sem carteira assinada, que são empregados do setor privado ou trabalhadores domésticos, sem CNPJ (empregadores ou empregados por conta própria) ou trabalhadores sem remuneração.

De acordo com Adriana Beringuy, analista dessa pesquisa, o aumento do desemprego refletiu a flexibilização trazida pelo isolamento social imposto pela COVID-19. Com isso, todas as categorias perderam ocupação, o número de pessoas com carteira assinada caiu 2,6% no terceiro trimestre na comparação com o anterior. A perda é de 788 mil postos.

7 dicas para se recolocar no mercado

Diante de tantas incertezas e dificuldades, como conseguir uma vaga em 2021? O cenário parece desanimador, mas é possível dar a volta por cima e recomeçar com força total por meio das dicas certas!

Para lhe ajudar nessa missão, separamos algumas delas para você começar 2021 com o pé direito, confira:

1. Reative ou crie uma rede de contatos

O primeiro passo para se recolocar no mercado, com certeza, é se comunicar com amigos e pessoas próximas para que saibam que você está à procura de um trabalho. 

Pessoas que lhe conhecem, seja pessoal ou profissionalmente, poderão informar sobre possíveis vagas em aberto ou até mesmo fazer indicações a seu respeito para alguma oportunidade. Ex-colegas de trabalho, por exemplo, poderão ser ótimos aliados para falar sobre suas competências e habilidades. 

Portanto, para retornar ao mercado de trabalho é indispensável ter uma rede de contatos ativa.

2. Atualize seu currículo 

Muitas pessoas utilizam o mesmo currículo de anos atrás, o que pode ser um erro, pois ao longo do tempo você pode ter adquirido novas habilidades e experiências. Além disso, seu foco profissional pode ter mudado.

Portanto, é preciso avaliar as instituições em que você quer trabalhar e preparar seu currículo para cada uma delas. Alinhe seus objetivos e competências com o propósito do local e com o cargo que visa ocupar. 

Não se esqueça de colocar informações pessoais para que os recrutadores tenham ainda mais informações sobre sua trajetória. 

3. Defina novas metas e objetivos profissionais

Para se recolocar no mercado, é importante, principalmente para quem está parado há algum tempo, reavaliar seus objetivos profissionais. Muita coisa pode ter mudado desde seu último emprego.

Para fazer isso, você deve levar em conta seus aprendizados, experiências, pontos positivos e pontos de melhoria, habilidades que adquiriu ao enfrentar desafios, entre outros fatores que influenciaram sua carreira nos últimos tempos. 

A partir disso, será possível traçar suas próximas metas e objetivos profissionais. Isso irá lhe ajudar a identificar quais caminhos buscar e por onde deve seguir em sua carreira no momento.

4. Cadastre-se em sites de vagas e atualize suas redes sociais

Hoje, muitas empresas buscam novos colaboradores pela internet, por isso ela é fundamental para se recolocar no mercado. É importante que você se cadastre nos principais sites de vagas de emprego e cadastre seu currículo. Assim, ficará mais fácil dos recrutadores te encontrarem.

Além disso, é importante manter seus perfis de redes sociais de negócio, como o Linkedin, atualizados. Muitos recrutadores também buscam analisar perfis de candidatos por esse meio. 

5. Atualize seus conhecimentos

Para se destacar dos demais e conseguir se recolocar no mercado em 2021, é importante ter alguns diferenciais. Por isso, você deve realizar estudos, aprender novos idiomas, fazer cursos, assistir palestras, ler artigos, enfim, manter-se atualizado profissionalmente. 

Isso irá demonstrar que você não ficou parado no tempo e tem vontade de acompanhar o mercado e muita disposição para voltar a trabalhar. 

Atualizar seus conhecimentos é uma ótima forma de mostrar que você está altamente preparado para enfrentar novos desafios e ocupar a vaga que almeja.

6. Inclua experiências voluntárias no currículo

Não apenas cursos e estudos indicam desenvolvimento profissional, o trabalho voluntário é uma forma de mostrar suas habilidades e caráter aos recrutadores. 

Por isso, se você quer se recolocar no mercado, mostre suas experiências como voluntário em sua comunidade. Seus esforços podem ser vistos com bons olhos pela nova empresa. 

7. Prepare-se bem para as entrevistas

Chegou o momento de encarar o recrutador de frente! Mantenha a calma, seja pontual e vista-se formalmente. Ainda que o trabalho não seja mais despojado, não é recomendado ir muito informal no momento da entrevista.

Antes do dia, treine sua postura, estude a história da empresa para qual está se candidatando e crie um roteiro para se lembrar de falar de todos os pontos de sua carreira que merecem atenção.

Caso tenha sido demitido do trabalho anterior, diga os motivos sem mentir. Se a demissão tenha acontecido por um erro seu, busque enfatizar as medidas que você está tomando para melhorar, como realizando cursos de aperfeiçoamento, entre outros.

Conseguir se recolocar no mercado de trabalho após um ano tão difícil como 2020 não é fácil. Por isso, não desista. É possível que haja um período de transição em sua carreira e leve um tempo para que uma nova vaga apareça. Tire um tempo para se ajustar e aprender novas habilidades. Isso será fundamental para ter sucesso.

Aproveite e compartilhe o conteúdo nas suas redes sociais com seus amigos, outras pessoas também podem estar enfrentando essa fase!