12 dicas de diversão gastando pouco e sem sair de casa!

Conhecer formas de diversão gastando pouco e sem sair de casa se tornou uma das grandes questões para o brasileiro. Afinal de contas, a pandemia do coronavírus (Covid-19) tem nos desafiado constantemente a manter o equilíbrio mental, a saúde e as doses diárias de lazer, tudo isso em segurança.

Sem falar que a economia do país, que caiu 4,4% no terceiro semestre de 2020, segue em estado de alerta. O que nos faz quebrar a cabeça para espantar a ansiedade e o mau humor sem impactar o orçamento de maneira negativa.

Por isso, reunimos 12 alternativas para você ter bons momentos com os amigos e familiares — e, o melhor: sem abrir a carteira! Confira nossas dicas para ter muito mais diversão gastando pouco!

  1. Pratique exercícios físicos
  2. Melhore seus dotes culinários
  3. Faça sessões de cinema ou maratonas de série em casa
  4. Participe de jogatinas on-line
  5. Organize o lar
  6. Assista a lives de artistas
  7. Tome um pouco de sol no quintal ou na varanda
  8. Use e abuse das videoconferências
  9. Viaje sem sair de casa
  10. Dedique-se ao autocuidado
  11. Acompanhe alguns desafios populares na internet
  12. Distraia a criançada com novas opções de lazer

A importância do lazer em tempos de pandemia

Segundo a OMS, 9,3% dos brasileiros têm algum transtorno de ansiedade, e a depressão afeta 5,8% da população, esses índices falam por si só o quanto necessitamos de uma distração em nossas rotinas.

É fundamental que a gente cuide do nosso bem-estar (físico, emocional e financeiro), especialmente agora, durante a pandemia,  para que possamos atravessar esse período da melhor forma possível.

E convenhamos: nesse período de isolamento temos a oportunidade de passar mais tempo com nossos entes queridos. Então, é bom soltar a criatividade para ter ótimos momentos de diversão gastando pouco!

12 dicas de diversão gastando pouco e sem sair de casa

1. Pratique exercícios físicos

Há tempos, especialistas de saúde apontam os benefícios físicos e psicológicos de praticar atividades físicas. E olha que boa notícia: você pode fazer isso sem sair de casa.

Nada de pagar mensalidade de academia, ou comprar equipamentos de ginástica. Você pode se exercitar de acordo com os seus objetivos e ainda contar com o auxílio de profissionais.

Por exemplo: o Nike Training Club é um aplicativo (disponível para iOS e Android) que oferece opções de treinos gratuitos (e outros mais, na versão paga) e variados para focar em força, flexibilidade e resistência, por exemplo.

Outro aplicativo é o Daily Yoga, que oferece algumas aulas gratuitas para praticantes de Yoga de todos os níveis de experiência nessa prática.

No YouTube, podemos encontrar alternativas diversificadas no canal Exercício em Casa. Outra opção é o Instagram, o personal trainer Norton Mello vem fazendo lives diárias — e gratuitas — desde o início da pandemia em seu perfil, para ajudar quem está obedecendo ao isolamento social e pretende focar também na sua qualidade de vida nesse período.

2. Melhore seus dotes culinários

Não é de hoje que os canais digitais, como sites, YouTube e Instagram, têm servido para dar um gostinho a mais no prato do brasileiro, com dicas e receitas práticas para o dia a dia.

E, acredite: existe diversão gastando pouco e reunindo-se em torno da cozinha! A família pode planejar uma noite temática com um cardápio internacional (com quitutes da culinária mexicana ou árabe, por exemplo) ou mesmo com um happy hour cheio de petiscos de boteco.

Para isso, vale a pena acompanhar alguns canais já famosos por melhorar os dotes culinários do brasileiro, como o canal da Rita Lobo e também o VegetariRANGO, com opções práticas para quem vem reduzindo o consumo de carne.

Quem prefere navegar pelo Instagram pode encontrar ótimas receitas doces e salgadas, com poucos ingredientes, no canal do Igor Rocha.

3. Faça sessões de cinema ou maratonas de série em casa

Fique de olho na programação de sua TV por assinatura, da TV aberta ou mesmo dos serviços de streaming que a sua família é assinante.

Por meio deles é possível fazer uma série de sessões de cinema ou maratonas de séries para agradar a todas as idades! 

Com baldes de pipoca ao alcance da mão — ou novas receitas aprendidas em um dos canais acima citados —, aí está uma excelente opção de diversão gastando pouco e reunindo toda a família.

4. Participe de jogatinas on-line

Seja no videogame ou no computador, aproveite para reunir os amigos e parentes em competições on-line que vão tomar boas horas de lazer de todos.

E não faltam opções de entretenimento, com jogos de:

  • esportes;
  • RPG;
  • ação;
  • quebra-cabeças;
  • jogos de tabuleiro em versões digitais.

Procure na internet por opções gratuitas ou cujos investimentos caibam no orçamento familiar, e marquem um horário para que todos possam se divertir — mesmo à distância.

Vale ressaltar, contudo, que é importante sempre ficar de olho nas suas despesas para evitar que a diversão saia mais cara do que seu orçamento previsto. Ainda assim, você pode fazer bom uso das nossas dicas de economia doméstica em um post especial sobre o assunto. Deixe salva a leitura para assim que finalizar a leitura deste artigo!

5. Organize o lar

A princípio, essa não parece uma atividade divertida, mas é importante manter a organização dos ambientes, não é mesmo?

Então, a sugestão é: por que não criar gincanas para que todos limpem o lar e arrumem a bagunça dos cômodos?

Pode ser uma caça ao tesouro cujas dicas para a pista seguinte são compartilhadas à medida que um ambiente é arrumado ou mesmo com pequenas recompensas por atividades executadas.

Dessa maneira, une-se o necessário com o divertido. E ainda cria um senso de organização na criançada e também nos adultos mais familiarizados com a bagunça no dia a dia.

6. Assista a lives de artistas

Mais populares no início da pandemia e das orientações de isolamento social, as lives ainda estão em alta. Vale a pena acompanhar os seus artistas favoritos, nas redes sociais, e ficar de olho na programação deles.

Assim que começar uma live, aí vai uma dica: conecte o seu dispositivo móvel (como o smartphone ou o tablet) na sua TV — caso ela permita essa conectividade — para curtir a live na tela grande.

7. Tome um pouco de sol no quintal ou na varanda

Uma dose diária de luz solar faz bem para todo mundo, afinal de contas, a vitamina D é essencial para a manutenção da nossa saúde. Então, aproveite o sol matinal ou do fim de tarde para tomar um verdadeiro banho de luz.

E se toda a família está em casa, faça disso uma atividade programada. É uma boa hora, inclusive, para colocar o papo em dia e ter um tempinho de qualidade com os parentes.

8. Use e abuse das videoconferências

Não importa se você viva só, com animais de estimação, com amigos ou com os parentes: é sempre bom estender os laços sociais. E as videoconferências adquiriram milhares de novos adeptos durante a pandemia.

Se você está em busca de diversão gastando pouco, os eventos via videoconferência são boas alternativas. É possível comemorar aniversários à distância, planejar happy hours ou mesmo para matar a saudade dos amigos com uma boa música de fundo.

E olha só que boa notícia para os apaixonados: você pode marcar um encontro virtual com a pessoa que você deu match no aplicativo de relacionamentos.

9. Viaje sem sair de casa

Muitas ferramentas digitais têm se aperfeiçoado em tours virtuais nesse período em que o isolamento social se espalhou e as fronteiras fecharam as suas portas.

Dá para visitar museus, acompanhar pontos turísticos em tempo real ou mesmo admirar fotografias e obras de arte renomadas por meio de sites e/ou aplicativos.

Um deles é o Google Artes e Cultura, que explora eventos históricos e peças artísticas para a sua apreciação à distância. Entre os museus que podem ser acessados pela plataforma, indicamos:

  • Pinacoteca de São Paulo;
  • Museu de arte em Nova York
  • Museu da Acrópole, em Atenas, na Grécia.

Uma matéria do G1 do mês de abril, inclusive, foi além e trouxe a possibilidade de ver ao vivo alguns dos lugares e animais mais fascinantes do mundo sem sair de casa. Dê uma conferida, neste link!

10. Dedique-se ao autocuidado

Faça um spa em casa. Relaxe ao som de áudios suaves ou, até mesmo, estabeleça uma rotina de meditação. Isso tudo ajuda a relaxar e, cuidar da saúde, e ainda pode divertir de maneira suave e eficiente.

Se os exercícios de meditação e respiração são do seu interesse, existem aplicativos com alternativas gratuitas (e também com versões mais completas e pagas), como o Meditopia, o Calm e o HeadSpace.

11. Acompanhe alguns desafios populares na internet

Na internet, você encontra boas ideias para estimular a criatividade e, junto com outras pessoas, passar o tempo e ainda obter benefícios com isso. E isso tudo pode ser encontrado nos desafios mais populares na internet, sabia?

Por exemplo: youtubers e influenciadores em outras redes sociais estabelecem uma meta de 30 dias de leitura, 30 dias de exercícios físicos específicos ou mesmo 30 dias de gratidão, entre outros.

Vale a pena acompanhar os influenciadores mais populares nas suas áreas de interesse, porque sempre podem surgir boas maneiras de distrair-se, conectar-se com pessoas que tenham os mesmos interesses que você e até mesmo aprender novas habilidades e hábitos.

12. Distraia a criançada com novas opções de lazer

Morar com crianças significa que você deve cuidar da sua saúde e bem-estar e também da qualidade de vida delas. E, muitas vezes, isso pode ser desafiador sem mexer no orçamento e sem que elas fiquem entediadas rapidamente.

Fique de olho, então, em algumas pessoas que têm feito sucesso com o público infantojuvenil:

  • Fafa Conta, que faz lives no Instagram de contação de histórias;
  • Camila Genaro, com lives no Instagram;
  • Mariane Bigio, uma influenciadora que faz bastantes lives com contação de histórias;
  • Mãe Que Lê, que sempre tem lives no Instagram com a contação de histórias;
  • Kinedu, um aplicativo recheado de atividades focadas no desenvolvimento infantil.

Ou seja: bastante diversão gastando pouco ou quase nada, e com diversidade suficiente para distrair a meninada por muito tempo!

Mas é bom lembrar que ainda existem muitas outras atividades para atravessar esses tempos incertos e adicionar novos hábitos saudáveis na rotina. Por isso, se você tem alguma dica que não foi compartilhada ao longo deste post, compartilhe-a conosco no campo de comentários, logo abaixo!