Como garantir qualidade de vida aos seus funcionários?

Empresas que ainda não se preocupam em oferecer qualidade de vida aos seus funcionários estão desperdiçando ótimas oportunidades de se desenvolver de maneira econômica e orgânica.

É a partir desse cuidado que os profissionais irão para o trabalho com mais disposição, motivação e empenho para produzir mais — e melhor — constantemente.

É uma estratégia que beneficia a todos. E, ao longo deste post, vamos explicar como você pode garantir qualidade de vida aos seus funcionários e obter todos os benefícios dessa prática. Para tanto, vamos tratar do assunto a partir dos seguintes tópicos:

  • O que significa qualidade de vida no ambiente de trabalho?;
  • Como a qualidade de vida aos funcionários impacta a rotina?;
  • Quais ações trazem qualidade de vida aos seus funcionários?;
    • Celebrações;
    • Ações pensadas no bem-estar físico;
    • Horários flexíveis;
    • Campanhas diversas;
    • Enfoque em uma alimentação balanceada;
    • Palestras e workshops;
    • Ergonomia;
    • Clima organizacional;
    • Explore o bem-estar financeiro;
    • Benefícios corporativos;
    • Ouça os seus funcionários;
  • Sua empresa está preparada para isso?

Acompanhe-nos nesta leitura e descubra como melhorar a rotina corporativa de maneira simples, prática e efetiva!

O que significa qualidade de vida no ambiente de trabalho?

A ideia tem sido discutida desde a metade da década de 1960, a partir do desenvolvimento da gestão de pessoas, pois muitos profissionais identificaram que o grau de satisfação dos colaboradores estava bastante conectado com a satisfação dos funcionários.

Hoje em dia, não faltam pesquisas que destacam o quanto os funcionários felizes são mais produtivos.

Mas o que isso significa na prática: que dar qualidade de vida aos seus funcionários permite à empresa focar em ações para melhorar o grau de satisfação geral. Isso impacta o bem-estar, a produtividade, a motivação, o engajamento e o desenvolvimento pessoal e profissional de cada um deles.

Em uma associação simples, é só pensarmos que um ambiente corporativo seguro, motivador, próspero e colaborativo tem mais chances de conquistar os seus profissionais do que uma empresa com elevada ocorrência de acidentes, conflitos, níveis de estresse e processos trabalhistas.

Como a qualidade de vida aos funcionários impacta a rotina?

A partir de ações estratégicas que foquem, especificamente, na realidade da empresa e do perfil dos seus profissionais. Por exemplo: os colaboradores estão estressados com a pressão por resultados e as metas inatingíveis? A qualidade de vida reside na solução desse problema aparentemente crônico.

Se a desmotivação é evidente a partir da falta de uma orientação clara de plano de carreira na empresa, por que não modificar esse aspecto e mostrar que o planejamento em longo prazo está em desenvolvimento?

Como retorno, a empresa tem profissionais mais:

Qualidades, inclusive, que ajudam a reduzir o índice de turnover e agrega valor à reputação da empresa — algo que atrai talentos do mercado, sem dúvidas.

Quais ações trazem qualidade de vida aos seus funcionários?

De pequenas ações a estratégias mais complexas, é possível melhorar o clima organizacional da empresa gradualmente. Veja, a seguir, quais são as táticas mais populares e efetivas para isso!

Celebrações

Aniversários, cumprimento de metas, happy hours, confraternizações em feriados e também aos finais de ano… Pense em como a empresa pode reunir e aproximar os colaboradores.

Esses pequenos eventos ajudam a lembrar quem realmente importa na empresa, e como a preocupação com o bem-estar está presente nas alegrias comuns às confraternizações.

Ações pensadas no bem-estar físico

Que tal criar um grupo de caminhada com os funcionários — e também seus parentes? Ou um grupo para pedalar e, quem sabe, o aluguel de uma quadra para reunir os profissionais que adoram futebol, vôlei ou basquete?

Vale até mesmo um convênio com academias. O importante, aqui, é reforçar que a atividade física é essencial para o corpo e também para a mente. E se puder unir ainda mais os colaboradores, melhor.

Horários flexíveis

Com a pandemia, que forçou as empresas a adotarem a flexibilidade de horário e também o home office, percebeu-se um aumento significativo de adeptos a essas modalidades.

Não à toa, essa mudança no pensamento corporativo foi elementar para alinhar-se ao perfil das gerações mais jovens de profissionais, que buscam flexibilidade e autonomia em suas rotinas.

E se isso é algo que ainda precisa ser melhor discutido, na sua empresa, aproveite para deixar salva a leitura de outro artigo nosso, que explora melhor o perfil dos millennials e da geração Z no ambiente de trabalho!

Vale a pena, então, considerar uma flexibilização que dê aos seus colaboradores a oportunidade de montar um cronograma mais alinhado à vida deles, e não às exigências rígidas da empresa com base em um horário comercial que já está ultrapassado.

Campanhas diversas

Campanhas de vacinação, conscientização sobre os perigos do tabagismo, de meses importantes para combater diversos males — como o Outubro Rosa, contra o câncer de mama, ou o Setembro Amarelo (em reforço à saúde mental) — e outros assuntos é algo que agrega valor à empresa. Sem falar, é claro, que melhora a qualidade de vida dos seus funcionários.

Pois isso gera um alerta interno de valorização à vida, mas também agrega conhecimento que os seus funcionários podem levar para fora da empresa, impactando positivamente mais pessoas.

Enfoque em uma alimentação balanceada

Refeitórios com cardápios nutritivos e saudáveis, consultas com nutricionistas, disponibilização de frutas e outros alimentos saudáveis, pela manhã, ou mesmo o envio de cardápios que os profissionais podem adotar para os seus respectivos lares…

Viu como não faltam alternativas para trabalhar a qualidade de vida dos seus funcionários a partir de algo simples, mas presente na vida de todos?

Palestras e workshops

Que tal identificar os pontos de interesse e desenvolvimento que podem ser aplicados em treinamentos, workshops e palestras na empresa? Isso agrega valor pessoal e profissional aos colaboradores, e gera retorno em resultados e no aspecto motivacional dos funcionários. Todos saem ganhando, mais uma vez.

Ergonomia

Algo elementar para reduzir o número de acidentes de trabalho, afastamentos em decorrência deles e também para melhorar a qualidade de vida dos funcionários no exercício de suas respectivas atividades.

Isso pode vir desde a atenção postura corporal e ao ajuste das cadeiras em relação à mesa de trabalho à busca por certificações focadas na segurança do trabalho, entre outras estratégias.

Clima organizacional

Desenvolva a liderança da empresa, estabeleça metas que podem ser atingidas e monte um espaço de trabalho colaborativo e focado no desenvolvimento coletivo. Isso tudo reflete um clima organizacional do qual ninguém vai abrir mão e, por isso, vai se empenhar para ter um desempenho continuamente melhor.

Climas organizacionais positivos geram mais motivação e engajamento. A produtividade elevada é uma simples consequência de pessoas empolgadas com o que elas fazem, na empresa. Cuide para que todos sintam-se incluídos, ouvidos e participantes nas decisões e no trabalho diário, portanto.

Mais uma vez, esse tipo de postura corporativa tem sido um diferencial para atrair funcionários da geração Z e de perfis jovens. São questões que importam para eles ao escolherem as empresas onde querem trabalhar.

Explore o bem-estar financeiro

Outro ponto em crescente planejamento dentro das empresas é o bem-estar financeiro — ações que estabeleçam conhecimento, boas práticas e orientações para a disciplina financeira.

Pois é sabido que o endividamento e o estresse financeiro se convertem em abalos emocionais, físicos e comportamentais capazes de interferir na qualidade do trabalho prestado.

Como um ponto auxiliar para garantir qualidade de vida aos seus funcionários, o bem-estar financeiro entrou em pauta e já não é uma tendência, mas uma estratégia que chegou para ficar.

Na Xerpa, desenvolvemos o Xerpay, uma modalidade de salário sob demanda capaz de agregar mais autonomia e flexibilidade aos colaboradores para lidarem com as contas mensais. Mas existem outras maneiras de alcançar esse resultado, seja com palestras, consultorias e dicas básicas de educação financeira.

Benefícios corporativos

Benefícios corporativos estão entre os pontos mais importantes para os profissionais. No entanto, de nada adianta a composição de um pacote que não atenda e tampouco tenha algo em comum com o perfil dos seus colaboradores. 

Vale a pena considerar duas opções: bolar um pacote flexível para que os profissionais montem algo de acordo com o que eles necessitam e desejam; ou criar um plano de benefícios fixo, mas pensado de maneira média para atender a todos dentro da empresa.

Ouça os seus funcionários

Vale reforçar, no que diz respeito à garantia de qualidade de vida aos seus funcionários, a importância em ouvir o seu próprio capital humano: faça pesquisas de satisfação, avaliações de desempenho e conceda (além de solicitar) feedbacks

Com isso, fica fácil compor um ambiente de trabalho no qual todos estejam à vontade e com sede de conhecimento e aprendizado para gerar resultados melhores continuamente.

Sua empresa está preparada para isso?

Viu como existem ações que podem fazer toda a diferença para dar qualidade de vida aos seus funcionários e, assim, gerar benefícios para todos?

Lembre-se que as dicas acima são sugestões e que elas, bem como outras que não foram citadas anteriormente, devem ser moldadas para atender às necessidades específicas dos seus profissionais.

Até por conta disso, gostaríamos de ouvir a sua opinião sobre garantir qualidade de vida aos seus funcionários: o setor de RH já usou alguma das dicas deste post ou investiu em outras estratégias que deram resultado? Compartilhe as suas experiências conosco, no campo de comentários logo abaixo!